FeteeSul presente em mais um dia de luta contra a Reforma da Previdência

Compartilhe: Facebook Twitter Google+



Neste dia 5 de dezembro, as ruas do Brasil estão tomadas por milhares de trabalhadores e trabalhadoras unidos contra a reforma da Previdência proposta pelo governo ilegítimo e golpista de Michel Temer (PMDB). O ato acontece após a suspensão da greve nacional em função do adiamento da votação, inicialmente prevista para ocorrer nesta quarta-feira (6/12) na Câmara dos Deputados.


Em Porto Alegre, no Aeroporto Internacional Salgado Filho, antes mesmo do amanhecer já haviam bandeiras levantadas e manifestações contrarias às propostas que acabam com o direito à aposentadoria de milhões e milhões de trabalhadores e trabalhadoras do campo e da cidade. A FeteeSul, junto da CUT-RS e outras centrais sindicais participaram do ato, que durante a manhã passou pela Estação Rodoviária de Porto Alegre e foi até o prédio do INSS, no centro da capital gaúcha.


A FeteeSul, ao lado de todos os trabalhadores e trabalhadoras em Educação do setor privado, esteve de norte a sul desse país mobilizada junto com centenas de milhares de trabalhadores e trabalhadoras para que não vá adiante essa proposta de Reforma da Previdência, que tem o único intuito de acabar com a aposentadoria dos trabalhadores e trabalhadoras.

Para o coordenador geral da FeteeSul Celso Woyciechowski, o dia de hoje é uma importante demonstração da força da classe trabalhadora. “São milhares e milhares, sejam da área da Educação, dos sapateiros, dos metalúrgicos, do comércio, dos bancários, dos trabalhadores rurais, de todos os setores que movimentam a economia desse país se mobilizando contra a famigerada proposta do Governo Temer de acabar com a aposentadoria dos trabalhadores e trabalhadoras”, destaca.

A dita reforma, ainda segundo Celso, “é uma proposta que, bem ao contrário do que propagandeia, não acaba com privilégios porque os privilégios estão no Congresso Nacional, estão no Judiciário, estão nos Militares, estão em áreas que não serão atingidas pela proposta do Governo Temer. Essa proposta vai diretamente atingir os trabalhadores e trabalhadoras assalariados que mais precisam e mais necessitam. Atinge direto os pobres desse país. Essa é uma proposta que não condiz com a dignidade que o povo brasileiro precisa e necessita. Todos contra a Reforma da Previdência!”

Luta da FeteeSul também no interior

Além das manifestações que tomam conta das ruas da capital gaúcha, a FeteeSul soma força nas lutas junto de seus sindicatos pelo interior do Estado.

Em Caxias do Sul, região do Sinpro/Caxias e Sintep Serra, houve ato na frente da agência local do INSS, na manhã de terça-feira (05/12). Vários sindicatos, centrais, federações, organizações comunitárias, estudantis e de mulheres estiveram marcando presença contra a Reforma da Previdência e em defesa dosa direitos, que foi até a praça Dante Alighieri, em continuidade ao movimento.

A FeteeSul também fez luta no município de Ijuí, região do Sinteep/Noroeste e Sinpro/Noroeste. Durante a terça-feira de protestos, centrais e sindicatos se reuniram na Praça da República para conversar com os moradores e fazer panfletagem contra a Reforma da Previdência.